qua, 11/01/2017 - 15:39

Garçonete recebe bilhete racista em conta e comove internet

Caso repercurtiu nas redes sociais e "gorjeta coletiva" já ultrapassa o equivalente a R$ 9 mil

Publicidade
Uma garçonete do restaurante Anitta’s, que fica em Virgínia, nos Estados Unidos, foi surpreendida ao receber o pagamento da conta de um casal que atendeu. “Ótimo serviço, não damos gorjeta a negros”, dizia o bilhete, no lugar do valor da gorjeta que os clientes deveriam deixar pelo trabalho prestado pela garçonete.

Kelly Carter parecia não acreditar no que lia. E foi então que resolveu postar nas redes sociais o bilhete recebido por aquele casal que cruzou o seu caminho naquele dia de trabalho, que tinha tudo para ser normal, como outro qualquer.

O caso rapidamente ganhou repercussão na internet e gerou uma incrível mobilização. Milhares de pessoas se solidarizaram a Kelly, criando uma campanha de arrecadação que virou uma verdadeira "gorjeta coletiva" para ajudar a garçonete. Até o momento, foram doados um montante que ultrapassa o equivalente a R$ 9 mil.

Publicidade
Publicidade

Segundo o "Hypeness", o proprietário do restaurante, Tommy Tellez, deu uma declaração dizendo estar aterrorizado com o fato.
Triste, não?

Fonte:http://www.otempo.com.br/interessa/comportamento/gar%C3%A7onete-recebe-b...

seg, 20/02/2017 - 23:35

Governo está preparado para intervir na Oi, caso necessário, diz Kassab

Segundo Kassab, o governo fará “tudo o que estiver ao seu alcance para tentar ajudar e apoiar a companhia na solução desse impasse”.
seg, 20/02/2017 - 22:43

Governo do Sudão do Sul alerta que quase metade de sua população está sujeita à fome

Nação mais nova do mundo está devastada pela guerra. ONU pediu 'ação urgente' por causa da situação.
seg, 20/02/2017 - 19:29

Prefeitura de Ipatinga capta recursos para revitalização do Ipatingão

Meta é devolver o estádio à população, em perfeitas condições para sediar grandes eventos, até o final do ano
seg, 20/02/2017 - 19:19

Igreja fecha templo e se muda para antiga “cracolândia” em Ipatinga

Projeto já existe há cinco anos