qui, 04/06/2015 - 00:08

Jovem com síndrome de Asperger treina cão para interromper suas crises

Samson a ajuda a voltar para a realidade e parar com os socos e tapas que desfere contra o próprio corpo.

Publicidade
Portadora da síndrome de Asperger, a norte-americana Danielle Jacobs, de 24 anos, treinou seu cachorro, um rottweiler chamado Samson, para ajudá-la nos momentos em que começasse a se agredir durante crises de ansiedade.

Na terça-feira (2), a moradora da cidade de Tempe, no Arizona (EUA), publicou no Facebook um vídeo no qual mostra um desses momentos em que o cão se coloca na frente dela para impedir que se machuque. Até agora, a gravação tem mais de 34 mil visualizações. 

Vídeo postado no YouTube

Em entrevista, Danielle contou que, durante essas crises, Samson a ajuda a voltar para a realidade e parar com os socos e tapas que desfere contra o próprio corpo. "Eu sinto um senso de direção. Durante um colapso, meus sentimentos estão por todo o mapa como se estivesse em uma montanha-russa", descreve. "Eu estou com raiva naquele instante e não quero ser incomodada. Mas ele [Samson] é muito grande para afastar e ignorar, então quando ele é persistente eu começar a voltar à realidade e me acalmar".

Publicidade
Publicidade

Danielle contou que resolveu exibir esse momento tão pessoal para conscientizar sobre o assunto. "O que me motivou é a falta de consciência ou entendimento envolvendo aspies [modo como os portadores se denominam]'", afirmou. "Nós podemos fazer qualquer coisa, mas temos dificuldades em expressar humores, encontrar as palavras certas e lidar com situações sociais".

A jovem conta que ainda na infância exibia sinais da síndrome, mas sua mãe não queria que ela fosse diagnosticada. "[Isso] me deixou sem assistência, já que não existem serviços que ajudem adultos a administrar os colapsos".

Há pouco mais de dois anos, Danielle adotou Samson em um abrigo e começou a treiná-la diariamente. Quando contou para sua neurologista que o rottweiler estava a ajudando a superar as crises, a médica aprovou. "Ela absolutamente amou os vídeos. Também ficou em choque quando soube que ele notou um ataque de pânico antes mesmo do médico perceber os sinais. Ela ainda brincou e me pediu para treinar seus cães", conta ela.

Saiba mais sobre a síndrome de Asperger

As causas da síndrome de Asperger, uma condição psicológica do espectro autista, ainda não foram descobertas pela ciência. Sabe-se que é causada por alterações genéticas e é mais comum em meninos.

A condição não causa grandes atrasos no desenvolvimento da fala, nem altera as capacidade física ou mental do portador, mas eles sofrem com dificuldades de comunicação e comportamentos repetitivos. Sendo assim, os portadores da síndrome acabam, na maioria dos casos, se isolando, o que prejudica ainda mais a capacidade de socialização.

Por enquanto, não há cura e nenhum tratamento para a síndrome, mas a terapia comportamental pode ajudar a atenuar os sintomas e melhorar a convivência.

Fonte: UOL

dom, 23/04/2017 - 08:15

Tartaruga gigante é encontrada na Praia da Marina, em Búzios, no RJ

Animal de 200 Kg e 2 metros foi achado em decomposição na manhã deste sábado (22).
seg, 17/04/2017 - 14:30

Avanços científicos dobram expectativa de vida de animais

Especialização de veterinários e adaptações de técnicas e tratamentos aos biótipos de quatro patas aumentaram a média de vida de animais domésticos de 9 para 18 anos
ter, 11/04/2017 - 18:05

“Castrar é um ato de amor”, diz especialista

Que os animais de estimação são fofos, carinhosos e fazem bem à saúde ninguém duvida, mas a grande questão é: castrar ou não castrar? Especialista fala sobre os benefícios do procedimento para os animais de estimação
ter, 04/04/2017 - 10:24

Cãozinho nasce sem duas patas, mas mostra história de superação

Pippin brinca, pula e faz muita bagunça no dia a dia