qui, 04/06/2015 - 00:08

Jovem com síndrome de Asperger treina cão para interromper suas crises

Samson a ajuda a voltar para a realidade e parar com os socos e tapas que desfere contra o próprio corpo.

Publicidade
Portadora da síndrome de Asperger, a norte-americana Danielle Jacobs, de 24 anos, treinou seu cachorro, um rottweiler chamado Samson, para ajudá-la nos momentos em que começasse a se agredir durante crises de ansiedade.

Na terça-feira (2), a moradora da cidade de Tempe, no Arizona (EUA), publicou no Facebook um vídeo no qual mostra um desses momentos em que o cão se coloca na frente dela para impedir que se machuque. Até agora, a gravação tem mais de 34 mil visualizações. 

Vídeo postado no YouTube

Em entrevista, Danielle contou que, durante essas crises, Samson a ajuda a voltar para a realidade e parar com os socos e tapas que desfere contra o próprio corpo. "Eu sinto um senso de direção. Durante um colapso, meus sentimentos estão por todo o mapa como se estivesse em uma montanha-russa", descreve. "Eu estou com raiva naquele instante e não quero ser incomodada. Mas ele [Samson] é muito grande para afastar e ignorar, então quando ele é persistente eu começar a voltar à realidade e me acalmar".

Publicidade
Publicidade

Danielle contou que resolveu exibir esse momento tão pessoal para conscientizar sobre o assunto. "O que me motivou é a falta de consciência ou entendimento envolvendo aspies [modo como os portadores se denominam]'", afirmou. "Nós podemos fazer qualquer coisa, mas temos dificuldades em expressar humores, encontrar as palavras certas e lidar com situações sociais".

A jovem conta que ainda na infância exibia sinais da síndrome, mas sua mãe não queria que ela fosse diagnosticada. "[Isso] me deixou sem assistência, já que não existem serviços que ajudem adultos a administrar os colapsos".

Há pouco mais de dois anos, Danielle adotou Samson em um abrigo e começou a treiná-la diariamente. Quando contou para sua neurologista que o rottweiler estava a ajudando a superar as crises, a médica aprovou. "Ela absolutamente amou os vídeos. Também ficou em choque quando soube que ele notou um ataque de pânico antes mesmo do médico perceber os sinais. Ela ainda brincou e me pediu para treinar seus cães", conta ela.

Saiba mais sobre a síndrome de Asperger

As causas da síndrome de Asperger, uma condição psicológica do espectro autista, ainda não foram descobertas pela ciência. Sabe-se que é causada por alterações genéticas e é mais comum em meninos.

A condição não causa grandes atrasos no desenvolvimento da fala, nem altera as capacidade física ou mental do portador, mas eles sofrem com dificuldades de comunicação e comportamentos repetitivos. Sendo assim, os portadores da síndrome acabam, na maioria dos casos, se isolando, o que prejudica ainda mais a capacidade de socialização.

Por enquanto, não há cura e nenhum tratamento para a síndrome, mas a terapia comportamental pode ajudar a atenuar os sintomas e melhorar a convivência.

Fonte: UOL

dom, 19/02/2017 - 14:57

Brasil Open de Tênis 2017 contará com a participação de CãoDulas

Os seis animais que irão participar do evento deste ano ajudando a pegar as bolinhas para os jogadores estarão disponíveis para adoção
dom, 19/02/2017 - 14:40

Cães tentam cheirar porco-espinho e acabam sendo atacados pelo pequeno animal

Apesar da quantidade de espinhos que receberam, os cachorros sobreviveram e conseguiram se recuperar bem
qui, 16/02/2017 - 07:38

Centro de Biodiversidade da Usipa realiza soltura de ave em risco de extinção

A ave será devolvida à natureza nesta sexta-feira
qua, 15/02/2017 - 10:47

Seu cachorro não gosta de alguém? A Ciência mostra que ele pode ter razão

odo mundo fala que cachorros têm um sexto sentido para descobrir se uma pessoa gosta ou não de você. Pois uma pesquisa recente acaba de confirmar a teoria