domingo, 30/11/2008

Suor em excesso: O tratamento já existe

No verão, algumas pessoas de todas as idades e sexos sofrem bastante com o suor em excesso, que molha a roupa. Além do incômodo físico, chega a afetar psicologicamente quem se apresenta no trabalho ou na escola, ou mesmo nos encontros sociais.

É um tipo de problema, que muitas vezes pode interferir no comportamento e na vida de seus portadores e que hoje, com os avanços da medicina, é possível ser facilmente resolvido, no próprio consultório médico. Informações a seguir.

Axilas: verão sem suor

Já existe uma alternativa para quem sua muito e não quer ficar aplicando toxina botulínica (Botox), periodicamente, para diminuir o suor e nem deseja se submeter a uma anestesia geral, para a retirada do gânglio responsável pelo estímulo nervoso das glândulas sudoríparas.

Essa alternativa seria se submeter a uma cirurgia, sob anestesia local, para retirada das glândulas sudoríparas das axilas, ficando definitivamente livre do problema da transpiração excessiva.
Segundo o médico dermatologista Valcinir Bedin, “é um procedimento simples, realizado no próprio consultório, sendo seu resultado excelente , com diminuição de sudorese em , no mínimo, 90%”.

Médico dermatologista, pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Médico visitante da Universidade Vadois – Lausanne – Suíça, Pesquisador da UNICAMP, Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Estética- Regional São Paulo, Presidente da Sociedade Brasileira para Estudos do Cabelo, Diretor do Instituto de Pesquisa e Tratamento do Cabelo e da Pele, Delegado do Conselho Regional de Medicina de São Paulo , Diretor Presidente da Associação Pele Saudável. Professor e Coordenador do Curso de Pós Graduação em Medicina Estética – SBME
 

Ciência e Saúde



Política de Privacidade | Entre em contato
© 2008-2015 plox.com.br Todos os direitos reservados. Primeiro portal de notícias e entretenimento do Vale do Aço