terça-feira, 29/12/2009

Patrimônios históricos são recuperados em Ipatinga

 

Publicidade

 

A Prefeitura de Ipatinga, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Semcel), inicia ainda no mês de janeiro a recuperação da Igreja São Vicente de Paula na comunidade do Ipaneminha que está precisando de reparos em sua estrutura. Tombada pelo patrimônio histórico, a restauração do local é uma reivindicação antiga dos moradores. Construída de pau-a-pique (pedra e madeira) a igreja substituiu uma capela improvisada que havia no local no inicio da década de 50.

Uma equipe da secretaria de Obras e da Semcel estiveram na igreja nesta segunda-feira (28), para avaliar as intervenções necessárias no local. Visando a reconstituição do patrimônio, serão preservadas as características originais do assoalho, da pintura, do telhado e de toda estrutura em madeira. A previsão é de que as obras sejam iniciadas em janeiro.



Para o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Cemário Campos, a ação demonstra a preocupação do executivo em cuidar da história da cidade. “A restauração é uma iniciativa da Administração Municipal para garantir que as gerações futuras possam conhecer e preservar nosso patrimônio histórico e cultural”, afirma Cemário.

De acordo com o Padre Pinheiro, responsável pela Paróquia do Ipaneminha, a iniciativa de recuperação do templo é um ganho para a segurança dos fieis e para toda população. “Vamos mobilizar a comunidade e orientar sobre a conservação e valor cultural dos bens tombados pelo patrimônio cultural”, disse o padre.

A Constituição da República Federativa do Brasil estabelece que o poder público, com a cooperação da comunidade, deve promover e proteger o patrimônio cultural.

Afirmando ainda que esse patrimônio é constituído pelos bens materiais e imateriais que se referem à identidade, à ação e à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira.

Igreja Nossa Senhora Esperança

Já foram concluídas algumas obras de restauração da Igreja Católica Nossa Senhora da Esperança, no bairro Horto. O local foi tombado pelo patrimônio cultural em 1981 e está localizada na Avenida Castelo Branco, no Horto. A igreja foi erguida no final da década de 50, em jatobá e angelim pedra, madeiras originadas das matas locais. A capela ainda guarda em seu interior imagens e objetos também em madeira e de notado valor artístico. As recuperações dos dois patrimônios culturais são ações integrada das Secretarias de Obras, Semcel e Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma).
 

PUBLICIDADE

nesse site nao tem

Enviado por 123456 (não verificado) em qui, 21/02/2013 - 17:24.

nesse site nao tem patrimonios culturais de ipatinga nao eu acho que ele deveria ser valorizada tambem


Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA
Este recurso é para evitar postagens automáticas
Image CAPTCHA
Digite os caracteres mostrados na imagem.

Cultura



Política de Privacidade | Entre em contato
© 2008-2014 plox.com.br Todos os direitos reservados. Primeiro portal de notícias e entretenimento do Vale do Aço