quinta-feira, 17/11/2011

Número de lares chefiados por mulheres cresce 50%

Censo do IBGE mostra que, nos últimos dez anos, elas se tornaram a maioria entre os mineiros e conquistam seu espaço

FREDERICO HAIKAL

Minas possui 19,5 milhões de habitantes, um aumento de quase 2 milhões de pessoas em dez anos

O mineiro é, em sua maioria, da cor branca, do sexo feminino, tem de 25 a 39 anos e mora em áreas urbanas. Esse é o perfil da maior parte das 19.597.330 pessoas espalhadas pelos 853 municípios de Minas Gerais, apontado pela pesquisa “Características da população e dos domicílios: resultados do universo”. O levantamento foi feito com dados do Censo 2010 e divulgado quarta-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A maioria dos municípios de Minas tem de 5 mil a 10 mil habitantes (251) e apenas quatro, entre eles Belo Horizonte, são habitados por mais de 500 mil pessoas. Ao analisar o comportamento dos mineiros quanto à composição familiar e responsabilidade nos domicílios, o IBGE confirmou o que vinha constatando ao longo da última década. O índice de mulheres chefes de família aumentou de 24,2% para 35,6%, entre 2000 e 2010, uma alta de quase 50%.

“Vínhamos acompanhando esse comportamento, que foi confirmado pelo censo. O crescimento do número de mulheres responsáveis pelos domicílios está relacionado à maior inserção feminina no mercado de trabalho, embora nem sempre esteja diretamente ligado à questão financeira”, afirma a demógrafa Luciene Longo, coordenadora do setor de Disseminação de Informações do IBGE.

O município com maior percentual de mulheres chefiando as famílias é Senador Cortes (51,7% dos domicílios), seguido de Simão Pereira (51,1%), ambos na Zona da Mata. O município com maior proporção de mulheres com filhos chefiando as residências é Marilac, no Vale do Rio Doce (21,9 %).

A vendedora Luzia Cristina Barbosa, de 32 anos, precisou aprender a viver longe do marido. Após cinco anos de casamento, ele saiu de Marilac para trabalhar no Rio de Janeiro. “Tinha que levar os filhos ao médico, à escola e fazer compras sozinha”, diz. Para a doméstica Euvandra Pereira, de 46 anos, e com seis filhos, comandar a casa também requer muito esforço. Desde que se separou do marido, há três anos, é dela a responsabilidade de cuidar de tudo e planejar o orçamento doméstico. “Tenho que resolver todos os pepinos sozinha”.

Segundo Luciene Longo, outra tendência das mineiras, seguindo o movimento do país, é ter filhos mais velhas. No Brasil, mulheres de 15 a 19 anos concentravam 18,8% da fecundidade em 2000, índice que era de 29,3% entre as de 20 a 24 anos. No ano passado, as taxas reduziram para 17,7% na primeira faixa etária e para 27% na segunda.

Já entre as mulheres com mais de 30 anos, o índice de fecundidade subiu de 27,6% para 31,3%. “A pesquisa não traz esses dados específicos de Minas. Mas sabemos que as mulheres estão tendo cada vez menos filhos e postergando a maternidade, geralmente por causa da carreira profissional”, afirma Luciene.

O índice de domicílios unipessoais (um só morador) também cresceu em Minas, passando de 9,1% para 13%. “O aumento se deve sobretudo ao envelhecimento da população. As mulheres vivem mais do que os homens e constatamos que grande parte desses domicílios são habitados por senhoras com mais de 60 anos, muitas delas viúvas e cujos filhos já saíram de casa. Além disso, há muitos jovens que passam a morar sozinhos para estudar”, ressalta a demógrafa.

Nos 67,5% de domicílios nucleares (mais de uma pessoa), 61,8% são formados por casais com filhos, 19,9% casais sem filhos, 15,9% mulheres com filhos e 2,4% homens com filhos.
Hoje em Dia

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA
Este recurso é para evitar postagens automáticas
Image CAPTCHA
Digite os caracteres mostrados na imagem.


Política de Privacidade | Entre em contato
© 2008-2014 plox.com.br Todos os direitos reservados. Primeiro portal de notícias e entretenimento do Vale do Aço