segunda-feira, 26/10/2009

Convenção do PMDB acontece em tom de perdão e aproximação com a adversários




Aconteceu nesse domingo (25) na Câmara e Vereadores de Ipatinga, A convenção do PMDB de Ipatinga.

Segundo Paulo Sérgio Julião (Zinho), Ipatinga foi a última cidade a realizar a convenção, que começou às 17h e terminou por volta das 21h. Estiveram presentes o prefeito afastado, Sebastião Quintão e seu filho, deputado federal Leonardo Quintão. Os vereadores da bancada do PMDB de Ipatinga, assim como várias outras lideranças locais e regionais do partido

A Convenção oficializou os 45 membros da Comissão Executiva do Diretório Municipal, com mandato válido para o biênio 2010/2011, e ainda segundo Paulo Sérgio Julião (Zinho), serviu também como uma ‘prévia’ de um encontro regional que o partido pretende realizar para unir forças em torno da indicação do nome do atual Ministro das Comunicações, Hélio Costa, como o candidato do PMDB ao governo de Minas no próximo ano.  Em seu discurso, Zinho falou da candidatura de Helio Costa e também comentou a notícia divulgada pela Prefeitura de Ipatinga quanto às cadeiras do Ipatinga que estão sendo colocadas esta semana. “É um absurdo! Eles anunciam a implantação das cadeiras, mas não informam à população que foram conseguidas na gestão no nosso prefeito Sebastião Quintão”, afirmou.
 
 
Já o vereador Nardielo Rocha elogiou a atuação do Deputado Leonardo Quintão, que emocionado, interrompeu o discurso de Nardielo e disse que, se depender dele, irá lançar o nome do vereador a disputa ao cargo de deputado estadual pelo PMDB. “Agradeço imensamente meu caro deputado Leonardo, mas isso é uma discussão mais profunda”, respondeu Nardielo. Depois da troca de elogios, Nardielo disse que precisava aproveitar a oportunidade para deixar bem claro a questão do apoio ao governo de Robson Gomes.  “Estamos sim dando sustentação ao governo interino do município, pois a cidade não pode parar, mas fiquem sabendo que, quando Sebastião Quintão estiver à frente da prefeitura, estaremos também dando apoio ao seu governo e conclamando a estes, que hoje estão no governo e que tem nosso apoio, que também venham nos apoiar.
 
 
 
Após a cerimônia o deputado Leonardo Quintão falou com o Plox. Segundo Leornardo, o membro do grupo de Quintão estão com um discurso, menos agressivo e mais ameno. “Este um mandamento de Cristo, o perdão. E além disso estamos nos preparando para um trabalho em conjunto com todos, pois vamos voltar a prefeitura”, afirmou.
 
O prefeito cassado, Sebastião Quintão, em seu discurso também evocou por várias vezes a questão do perdão. Ele começou cantando um hino evangélico depois falou da situação de Ipatinga e disse que não deve nada, mas que estaria sendo vítima de perseguição. Em seguida afirmou que é um homem que sabe perdoar. Quintão disse que político não pode recusar voto.”Outro dia eu falei com minha esposa, a gente que é político não recusa voto. Voto a gente aceita de onde quer que ele venha”,afirmou.

 
Em outro momento, Quintão disse que é um homem que tem o dom de perdoar e definiu a política como sendo a arte de lidar com as diferenças para obter a equidade e a justiça. “Agradeço a Deus por eu ter um coração tão bom, meu coração é de manteiga, sou um homem que tem facilidade em perdoar”, afirmou.
E outro momento, Sebastião Quintão disse: “As pessoas precisam entender que velhos inimigos políticos podem se tornar novos amigos políticos, veja o caso de Tancredo Neves e Itamar Franco, inimigos no passado, mas acabaram sendo amigos políticos, a política é assim”, discursou.
 
 
 
Ao final os presentes comentaram que estão ansiosos para a decisão do TRE-MG que é aguardada para as 17 horas desta terça feira, 27, quando se espera que seja concluído o julgamento de um processo de cassação contra Sebastião Quintão. O grupo foi unânime em afirmar que o TRE votará pela volta de Quintão a prefeitura da cidade.
Publicidade


Política de Privacidade | Entre em contato
© 2008-2015 plox.com.br Todos os direitos reservados. Primeiro portal de notícias e entretenimento do Vale do Aço