quarta-feira, 04/12/2013

Metalúrgicos votam em propostas feitas por Usiminas e Usimec sobre Campanha Salarial

Publicidade

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Foto: Sindipa

IPATINGA - Nessa terça-feira (3) a Usiminas apresentou uma contraproposta à pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2013/2014, protocolada pelo Sindipa (Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Ipatinga) no dia 17 de outubro. De acordo com o Sindicato, a empresa propôs apenas o reajuste do INPC a partir de 1º de dezembro e abono de R$ 950,00.

A direção do Sindipa destaca que considerou a proposta “muito inferior ao excelente resultado econômico obtido pela Usiminas no ano de 2013, que foi amplamente divulgado pela imprensa”.

Nesta quinta-feira (5) será realizada uma assembleia para a votação da proposta pelos trabalhadores. A assembleia será realizada em três horários: 7h30, 15h30 e 17h10h, na sede do Sindipa, localizado na avenida Fernando de Noronha, 90, no bairro Areal.

Conforme o Sindicato, a Usimec também apresentou contraproposta à pauta de reivindicação da Campanha Salarial. O Sindipa lembrou que no dia 29 de novembro, em reunião de negociação, a empresa propôs apenas o reajuste do INPC a partir de 1º de dezembro e abono de R$ 640,00. A assembleia para votação da pauta está sendo realizada nesta quarta-feira (4), na portaria da Usimec, e urnas foram disponibilizadas na portaria da empresa às 5h30 e retornarão às 17h30.

A direção do Sindicato defende a rejeição da proposta por considerar que ela não atende as reivindicações dos trabalhadores e não reflete o aumento da produtividade do setor.  

Conforme informações do Sindipa, os principais pontos da pauta da Campanha Salarial reivindicada pelos trabalhadores são:

- Aumento salarial real de 5,68% e incorporação do INPC de outubro que é 5,58%.

Totalizando 11,59% de reajuste salarial.

- Piso salarial de R$ 1.850,00

-Abono de R$ 3.000

-Vale Cesta no valor de R$ 550,00

-Adicional noturno de 50% estendido até o fim da jornada (direito já garantido na luta aos companheiros que trabalham na planta de Cubatão)

-Estabilidade para os trabalhadores vítimas de acidente ou doença provocada pelo trabalho.

-Estabilidade para os trabalhadores em via de aposentadoria.

-Vistoria nos locais de trabalho para levantamento das condições de trabalho e ambiental, com participação e acompanhamento do Sindicato e técnicos por ele indicado.

-Adequação dos PPP´s segundo o novo laudo.

- Regularização e efetivação do Plano de Cargos e Salários.



Política de Privacidade | Entre em contato
© 2008-2015 plox.com.br Todos os direitos reservados. Primeiro portal de notícias e entretenimento do Vale do Aço