sexta-feira, 25/11/2011

Carro desgovernado causa morte e deixa feridos no centro de Ipatinga

Fotos: Melque Oliveira

A alta velocidade e a imprudência são apontadas pelo Corpo de Bombeiros como as prováveis causas em mais um acidente no Vale do Aço. Desta vez o palco da violência no trânsito foi o centro de Ipatinga.

Natália morreu na hora. Segundo alguns amigos, ela gostava de festas e de sair para se divertir.Foto: divulgação pessoal

 

Para conhecer mais o PLOX – Clique aqui - Plox, o site de notícias do Vale do Aço
 


Por vota das 4h da manhã desta sexta-feira, cinco jovens seguiam para casa no automóvel Tempra, placas GVV 7926, de Ipatinga, dirigido por Silviney Bolfino Rodrigues,23 anos, Eles voltavam de uma festa no Clube do Cavalo. Quando passavam pela Avenida Claudio Moura, no centro de Ipatinga, nas proximidades da agência do Banco do Brasil, o motorista perdeu o controle em uma curva.

Segundo informações de uma testemunha, o carro desgovernado bateu no meio fio da esquerda, depois, já capotando, atravessou a pista, subiu no meio fio da direita, passou sobre a ciclovia, bateu em uma arvore e só foi par ao bater na porta de um bar.









A jovem Natalia Fernanda Gomes de Araujo, de 21 anos, morreu no local. Seu corpo ficou preso nas ferragens.



Segundo uma amiga, ela morava em uma república, no bairro Bom retiro. Os demais ocupantes são moradores do distrito de Melo Viana, em Coronel Fabriciano. O bar estava fechado e não tinha ninguém na calçada no momento do acidente.



Ainda assustado, um dos jovens observa o carro totalmente destruido

Viajavam também no carro, Luiz Gustavo Drumont de oliveira, 22 anos, Tamara Jordania da Costa, 19 anos e Tales Junior Alves de Alvarenga, de 22. Segundo os bombeiros, tanto eles, quanto o motorista foram encaminhados ao Pronto Socorro Municipal, mas não apresentavam nenhum ferimento grave.

A reportagem do Plox conversou com a secretaria de vendas Josiane Magalhães, 26 anos, que é amiga dos ocupantes do veículo. Ela contou que estava em companhia do grupo até a meia noite de ontem. Eles estavam em um bar, no bairro Canaã, quando decidiram ir até o Clube do Cavalo, em um evento denominado “Quintaneja. “Como eu tinha que trabalhar agora de manhã eu não fui. Acho que Deus me livrou de estar neste acidente”, comentou.

Segundo o sargento Joel Mafra, que comandou a operação do Corpo de Bombeiros, foi necessário o uso de um equipamento para cortar as ferragens do carro para remover o corpo de Natalia. “Ela apresentava ferimentos profundos e certamente morreu na hora. Teve esmagamento do crânio de fratura da coluna”, Joel Mafra informou que teve a participação durante o resgate do sargento Amarildo, cabo Jordan, cabo Marcelo e os soldados Abel , Deco, e Gabriel. “Todas as quintas-feiras, infelizmente, nós já ficamos aguardando os chamados para casos graves, com vítimas que estão voltando desse Quintaneja. Sempre o uso de bebida alcoólica e o excesso de velocidade são os agravantes”, concluiu.

 

Polícia



Política de Privacidade | Entre em contato
© 2008-2015 plox.com.br Todos os direitos reservados. Primeiro portal de notícias e entretenimento do Vale do Aço