segunda-feira, 05/12/2011

Vídeo mostra salvamento de vítimas de trânsito presas nas ferragens, em Ipatinga

 

Clique e veja: 

Carro desgovernado causa morte e deixa feridos no centro de Ipatinga

 


Com autorização do Corpo de Bombeiros de Ipatinga, que permitiu a divulgação das imagens, o Plox acompanhou o salvamento de cinco pessoas que ficaram presas entre as ferragens, em mais um acidente ocorrido no Vale do Aço, neste fim de semana. Ele foi um dos três que deixaram mortos e feridos presos em destroços de acidentes de trânsito, onde, segundo os bombeiros, a imprudência sempre acompanha os casos.

As imagens são fortes, tal como o apelo feito pelo Sargento Joel Mafra. “Sou bombeiro, mas estou chocado com essas situações. Espero que as pessoas se sensibilizem e sejam mais prudentes ao dirigir”, alerta.

Se você é sensível à cenas fortes não veja o vídeo.

O acidente ocorreu no fim da noite deste sábado (3), na saída de Ipatinga, no contorno rodoviário (BR-381) e evidencia, mais uma vez, o alto risco de se trafegar por esta via.

O Escort onde estava a família de Timóteo ficou irreconhecível

O automóvel PASSAT alemão, placas GYZ 5300, de Betim, que chegava de Belo Horizonte, dirigido por Paulo Cesar Amorin, de 46 anos, invadiu a contramão e bateu de frente com o Escort, placas KKP 0758, de Timóteo, que seguia para esta cidade.

Paulo Cesar não se feriu, os equipamentos de segurança do veículo foram acionados automaticamente. Ele disse que perdeu o controle por que um automóvel teria lhe fechado, o obrigando a entrar na pista errada.

O Passat alemão ficou com a frente totalmente destruída

No Escort viajavam pessoas da mesma família. Fernando Oliveira Magalhães, 30 anos, dirigia o veículo, ao lado de sua esposa, Edna Oliveira Silva, 26 anos. No banco de trás, a sobrinha dele, Stefany Cristina, 15 anos, a Irmã de Edna, Denise Santos Silva, 21 anos, e ainda Cristiana do Carmo Silva, de 20 anos.

Uma das garotas recebe atendimento

A esposa do motorista foi a primeira a ser retirada do carro. O salvamento das outras vítimas só foi possível com a chegada do Corpo de Bombeiros e do Samu, pois, estavam presos entre as ferragens do veículo, que ficou irreconhecível.

A família, que reside no bairro Macuco, em Timóteo, voltava para casa. Eles saíram do Shopping do Vale do Aço, por volta das 23 h e pegaram o contorno rodoviário, no bairro Horto. Apenas no seu início a rodovia tem pista separada. Quando se aproximavam do local onde se inicia o trecho de via única, eles foram surpreendidos pelo Passat alemão. Fernando não conseguiu se desviar e os veículos chocaram-se de frente. O Escort foi arrastado e caiu em uma valeta na lateral da rodovia.

Fernando foi socorrido com vida e levado para o Hospital Márcio Cunha, onde ficou internado, mas faleceu às 22 h deste domingo (4).

Das três garotas no banco de trás, somente Denise, de 21 anos permanecia lúcida. O banco do motorista quebrou-se e prendeu sua perna direita. Ela também teve graves ferimentos na boca e fraturou o nariz. Segundo informações da assessoria do HMC, dadas nesta segunda-feira (5), a jovem teve fraturas expostas no braço e na perna. Ela permanece internada.Stefany também permanece internada, mas seu estado é estável. Edna, esposa de Fernando, passou por uma cirurgia da mandíbula e também permanecia internada. Ela foi a primeira a ser socorrida.

Equipamentos especiais foram usados para cortar a lataria do carro e retirar as pessoas o mais depressa possível. Várias ambulâncias foram usadas no resgate.

As vítimas foram retiradas do veículo e conduzidas ao Pronto Socorro do Hospital Márcio Cunha. Segundo os socorristas, Fernando teve fratura em várias partes do corpo, incluindo fratura de crânio.

Um fato chamou a atenção da nossa reportagem. Embora não tenha sido apontada como a causa do acidente, os pneus do veículo estão visivelmente sem condições de uso.

O corpo de bombeiros mais uma vez apela aos motoristas que não excedam a velocidade e dirijam sempre com muita atenção.

Família lamenta morte e descaso

A reportagem do Plox conversou, na nesta segunda-feira (5), com a irmã de Fernando, Deisiane Oliveira Magalhães, 23 anos. Ela disse que a família está chocada. “Todos nós estamos sofrendo muito com isso. Minha mãe e meu pai estão abatidos. Além disso, o motorista que causou essa tragédia não deixou nenhum dado para contato. Ele nem sabe que meu irmão faleceu. Isso é um absurdo”, Desabafou.

Segundo Deisiane, o rapaz era funcionário do Clube Alfa. Ele deixou órfãs duas crianças, uma de dois e outra de sete anos.

O corpo será enterrado nesta segunda-feira, em Timóteo.

 

Polícia



Política de Privacidade | Entre em contato
© 2008-2015 plox.com.br Todos os direitos reservados. Primeiro portal de notícias e entretenimento do Vale do Aço