seg, 26/09/2016 - 14:09

Corpo de Santa morta há 300 anos abre os olhos e intriga fiéis

Vídeo registrou o momento em que Santa Inocência estaria abrindo suas pálpebras.

Publicidade
De acordo com o site britânico Mirror, um vídeo postado no YouTube, e registrado na Catedral de Guadalajara, localizada em Jalisco, no México, mostraria o momento em que, supostamente, a pequena santa católica Inocência, morta há cerca de 300 anos, abre seus olhos.

Segundo outro site do Reino Unido, o Express, o autor da filmagem não teria percebido o momento em que Inocência mexe os olhos, só notando o fato horas depois, quando teria mostrado as imagens registradas para sua família.

Inocência teria sido morta pelo próprio pai

Publicidade
Publicidade
Conforme relata o Mirror, existem diferentes histórias sobre a morte de Inocência. No entanto, segundo a versão mais popular, a menina possuía o desejo de fazer a Primeira Comunhão junto com seus colegas, mas foi veementemente proibida de receber o sacramento religioso pelo seu próprio pai.

Entretanto, freiras da escola em que a pequena mexicana estudava a incluíram na turma que recebeu a Primeira Comunhão. Quando o pai de Inocência, em um acesso de fúria, descobriu o que a menina tinha feito escondida,  esfaqueou-a até a morte.

Após seu assassinato, os moradores da região em que Inocência vivia levaram o corpo da criança até à catedral local, onde, devido à sua história de vida e à incorruptibilidade de seu corpo, acabou se tornando um forte símbolo religioso.

O corpo de Santa Inocência, atualmente, está protegido por vidro, e devido a um tratamento realizado com o auxílio de cera, apresenta uma aparência semelhante à de uma estátua.

Incorruptibilidade corporal
O fenômeno conhecido como corpo incorrupto, que afetou a pequena Inocência, é considerado um milagre por muitos religiosos. Quando este fenômeno ocorre, o cadáver não se decompõe, e acaba sendo preservado sem o uso de qualquer técnica de embalsamento.

Um dos exemplos mais impressionantes de um corpo incorrupto é o de Santa Bernadette Soubirous, que morreu de tuberculose aos 35 anos de idade, no dia 16 de abril de 1879, na França. Seu cadáver foi exumado no dia 22 de setembro de 1909, e para espanto geral, os doutores Ch. David e A. Jourdan, que realizaram o procedimento de exumação, encontraram o corpo de Bernadette intacto, 30 anos após ter sido enterrado.

Assista ao vídeo:

Vídeo postado no YouTube

Fonte: Blasting News

qua, 16/08/2017 - 15:44

Padre Marcelo Rossi diz lutar contra ‘forças diabólicas’

Acusado de plágio, padre usou rede social para se pronunciar
qua, 09/08/2017 - 13:33

Fábio de Melo fala sobre síndrome: 'estou vivendo um período díficil'

"Não me sinto vítima. Não gosto desse 'ai, coitadinho, tá cansado'. Quero continuar minha vida e fazer o que eu faço", disse Melo
qua, 09/08/2017 - 12:17

Papa Francisco envia carta a casal gay brasileiro sobre batismo dos filhos

O pontífice desejou felicidades e 'abundância de graças divinas' à família
dom, 23/07/2017 - 11:03

Pastoral reaproxima gays da Igreja e ‘cura’ dor da exclusão

Grupo da diversidade sexual é o primeiro a funcionar em BH, dentro do Santuário São Judas Tadeu