sab, 13/06/2015 - 11:45

Números de mortes por dengue quase dobram em uma semana

Casos confirmados de dengue subiram 34%, na comparação dos meses de janeiro a maio deste ano com o 2014

Publicidade
O número de mortes confirmadas por dengue em Minas Gerais quase dobrou em uma semana. Foram 19 mortes registradas desde o último dia 5 de junho. Segundo balanço da Secretaria do Estado de Saúde de Minas Gerais (SES), 43 pessoas morreram em 2015, vítimas do vírus. Na semana passada, os números registrados contabilizavam 24 óbitos.

Os casos confirmados de dengue subiram 34%, na comparação dos meses entre janeiro a maio deste ano com o mesmo período de 2014, segundo o balanço da SES. Com isso, 57.770 casos confirmados da doença foram registrados em Minas Gerais, enquanto que no ano passado foram 43.093 casos, nos mesmos meses.

Só nas duas primeiras semanas de junho 77 pessoas foram diagnosticadas com a doença em todo o Estado. Segundo a Secretaria, 80% dos focos de Aedes aegypti estão dentro das casas. Os moradores são orientados a não deixarem objetos propícios ao acúmulo de água em espaços abertos, além disso, vasos de plantas devem ser monitorados constantemente.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a SES, o período de maior concentração de casos de dengue é entre os meses de novembro e maio, devido ao período de chuvas, que favorecem a propagação do mosquito, transmissor do vírus.

Em 2015, até o momento, foram confirmados 5.666 casos de dengue na capital. A regional com o maior número de casos é a Norte, com 1.348 confirmações, seguida pelas regionais Barreiro (1.223) e Noroeste (947).

Nova metodologia

Desde o início do mês de junho de 2015, a Secretaria Estadual da Saúde de Minas Gerais adota a mesma metodologia usada pelo Ministério da Saúde.

"Agora, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) passa a divulgar no seu boletim periódico os dados de casos confirmados e casos suspeitos da doença no Estado. Os casos suspeitos são aqueles que aguardam resultados de exames laboratoriais para confirmação do diagnóstico”, explica a Coordenadora de Programa de Controle da dengue, Geane Andrade.

O Tempo
 

qua, 18/01/2017 - 11:16

Sete mortes por febre amarela são confirmadas em Minas Gerais

A contraprova dos testes foi divulgada à Secretaria de Estado de Saúde (SES) na manhã desta quarta-feira (18)
ter, 17/01/2017 - 22:22

Chega a 53 o número de mortes suspeitas por febre amarela em Minas

Somente em Ladainha, no Vale do Mucuri, foram 16 óbitos registrados; desde o início do surto, 184 casos da doença foram notificados no Estado; Em BH, 21 pessoas continuam internadas no Hospital Eduardo de Menezes.
ter, 17/01/2017 - 17:45

Unimed Vale do Aço cria protocolo para atender pacientes com febre amarela

De acordo com o protocolo adotado pela Unimed Vale do Aço, pacientes com sintomas iniciais da doença deverão passar por avaliação e coleta de exames
ter, 17/01/2017 - 09:42

Sobe o número de mortes suspeitas por febre amarela em MG

Todos os casos aconteceram na zona rural e são da chamada febre amarela silvestre, que pode ser transmitida por três mosquitos diferentes.