ter, 10/01/2017 - 18:19

Saúde realiza primeiro LIRAa do ano em Timóteo

A pesquisa larvária que vai de 10 a 13 de janeiro, apontará os bairros mais infestados.

Publicidade
A Secretaria de Saúde de Timóteo realiza o primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) do ano de 2017, a partir desta terça-feira (10) até a próxima sexta-feira (13). Os agentes de endemias visitarão as residências para mapear e identificar os criadouros do mosquito Aedes Aegypti e a situação de infestação do município.

Para o secretário de Saúde, César Luz, a pesquisa permite um maior direcionamento das ações de controle para as áreas mais críticas. “São identificadas as áreas mais críticas para intensificar o combate naquele local”, esclarece. No mesmo período do ano passado a administração anterior não fez a pesquisa do LIRAa. Em outubro de 2016, o índice foi de 2,6%, considerado como “estado de alerta”, onde foram apontados 32 imóveis com focos cuja análise de larva foi positiva.

Mesmo em período seco, podem ser encontrados focos do mosquito com identificação positiva de larvas do mosquito que transmite a Zica, Dengue e Chikungunya . A Secretaria de Saúde ressalta a importância de toda a população ficar atenta aos cuidados básicos para se evitar as doenças e valorizar o trabalho dos agentes de endemias.
 

Publicidade
Publicidade
seg, 26/06/2017 - 18:25

Timóteo agora conta com Ouvidoria do SUS

Através do Disque Saúde 136, você pode apontar sugestões e contribuir para o atendimento em nossa cidade
seg, 26/06/2017 - 16:47

Anvisa suspende distribuição e venda de lotes de anticoncepcional da Bayer

Empresa deverá recolher o estoque do produto existente no mercado
seg, 26/06/2017 - 09:00

Uma entre dez pessoas no país tem problema nos rins, e não sabe

Sinais simples, como pele seca, podem indicar início de casos graves
dom, 25/06/2017 - 11:25

Luta contra o diabetes entra em uma nova era

Estudo apresentado em congresso nos Estados Unidos mostra eficácia de medicamento que reduz risco de eventos cardiovasculares e incidência de crises de hipoglicemia em pacientes graves