qui, 05/01/2017 - 14:59

Uaitec abre 24 mil vagas para cursos gratuitos em tecnologia da informação

Inscrições podem ser feitas em todos os 17 territórios de desenvolvimento. Após cadastro virtual, matrícula deve ser confirmada na unidade de preferência

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) abre inscrição para a segunda turma de capacitação em Tecnologia da Informação da Universidade Aberta Integrada (Uaitec), ofertando 24 mil vagas em todos os 17 territórios de Minas Gerais.

Os alunos poderão optar por Desenhista de Produtos Gráficos, Analista de Mídias Sociais, Desenvolvedor de Jogos Eletrônicos, Programador de Dispositivos Móveis, Programador Web e Programador de Sistemas. A iniciativa fortalece o estado, que já figura como o segundo maior ecossistema de tecnologia da informação do Brasil.

Os interessados terão entre os dias 17 de janeiro e 10 de fevereiro para se inscreverem pelo portal uaitec.mg.gov.br.  Após a confirmação do cadastro, o aluno deve se dirigir a um dos polos, levando a documentação exigida para realização da matrícula no curso desejado. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada e o material didático completo será distribuído no começo das aulas, previstas para março. 

Os cursos de capacitação profissional a serem ofertados são todos relacionados em conformidade com a Classificação Brasileira de Ocupação (CBO), publicação que classifica as diversas atividades de trabalhadores no país.

Todas as opções de cursos na área de tecnologia da informação terão acrescidas 40 horas de empreendedorismo e inovação, motivando os alunos a desenvolverem atividades diferenciadas para o mercado. A duração é de três meses, com carga horária total de 200 horas, na modalidade semipresencial.  Isso significa que haverá aulas online e encontros nas unidades, com auxílio de tutores.

O que é a Uaitec?
A Rede Uaitec - Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais - é um programa do Governo de Minas Gerais, coordenado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), que visa oferecer, de forma gratuita, qualificação profissional por meio da implantação de uma rede de polos de educação a distância. O programa visa ampliar, democratizar e interiorizar o acesso a conteúdos pedagógicos que sirvam para qualificação e requalificação da mão de obra e para formação profissional.

Estrutura

Duas salas de Educação a Distância, com capacidade média de 25 alunos em cada uma, conectadas através de um avançado sistema de videoconferência, TVs de LED, além de Lousa Interativa Digital com Sistema Multimídia;
Salas de Informática;
Acesso aos Laboratórios Virtuais;
Acesso a várias Bibliotecas Virtuais;

Todos os ambientes possuem acessibilidade para deficientes físicos.

qua, 26/04/2017 - 15:03

Universidades públicas podem cobrar por cursos de especialização, decide STF

A autorização foi concedida em um recurso da Universidade Federal de Goiás contra decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), que havia proibido a instituição de cobrar mensalidade por um curso de especialização em direito constitucional.
qua, 26/04/2017 - 14:42

MEC descredencia 32 instituições de educação superior

Em Minas foram descredenciadas Faculdade de Ensino Unificado de Belo Horizonte (FEUBH), Instituto Superior de Educação do Alto São Francisco e Faculdade Veredas
ter, 25/04/2017 - 09:55

Projeto que incentiva leitura entre crianças completa 10 anos

Em uma década do programa, mais de 50 mil alunos de escolas públicas de BH e do interior foram beneficiados
seg, 24/04/2017 - 18:24

Pessoas com deficiência serão incluídas em cotas de universidades federais

Medida prevê reserva de parte das vagas destinadas às cotas de escolas públicas para estudantes com deficiência; instituições terão 90 dias para se adaptar