ter, 11/07/2017 - 22:21

Moradores de rua se emocionam com agasalhos de empresário atleticano

Alguns cruzeirenses deixaram a paixão pelo futebol de lado e ressaltaram a importância da ajuda para se protegerem do frio

Com o apoio do Atlético, um empresário, que preferiu o anonimato, resolveu confeccionar 200 agasalhos com a hashtag #paixãosolidária e com o escudo do Galo para serem distribuídos para moradores de rua de Belo Horizonte, nesta terça-feira, na Praça da Estação. Alguns cruzeirenses mais “fervorosos”, preferiram optar por um outro tipo de blusa.
Mas para boa parte dos beneficiados, o importante é aceitar com carinho a ajuda e se proteger das noites frias de Belo Horizonte. Como é o caso do técnico em eletrodomésticos Emerson Reginaldo. Desempregado e morando na rua há dois meses, ele prefere deixar a paixão clubística de lado e se resguardar das baixas temperaturas da capital mineira.

“Sou cruzeirense. Mas o importante é nos proteger do frio. Foi uma ótima doação. É muito bom contar com esse tipo de ajuda, que deveria acontecer mais vezes”, declara.

O balconista desempregado Albert Cristiano Mendes, 33, apesar de ser cruzeirense de coração, não se importou em vestir “o presente”. Ele, no entanto, afirma que dará o agasalho para a namorada, que é atleticana. “O importante é estar protegido do frio. Mas vou dar essa blusa para a minha namorada, que é atleticana. É muito importante esse tipo de doação para ajudar as pessoas que precisam”, afirma.

A jovem Bianca Camilly, 16, ressalta as dificuldades que vêm sofrendo nos dois meses que está nas ruas da capital. Por isso, ela reforça ainda mais a importância da boa vontade de pessoas que se prontificam a ajudar. “É muito difícil viver na rua, tomar banho, comer. É bom poder contar com esse projeto (Banho do Amor). Torço para o Atlético e essa blusa vai ajudar bastante a nos proteger do frio”, enfatiza.

A doação dos agasalhos integrou as ações do “Banho de Amor”. Idealizado pelo empresário Marcos Calmon, o projeto começou com um grupo de amigos no whatsaspp e hoje tem mais de 700 voluntários. O objetivo é dar dar apoio, carinho e devolver um pouco da dignidade perdida pelas pessoas que moram nas ruas.

“Existe carinho em tudo que a gente faz. É como se fosse feito para um irmão, para a nossa família. Se a gente consegue elevar a autoestima deles e trazer dignidade, automaticamente eles começam a sentirem aptos a conquistar alguma coisa, a ter aquele desejo de buscar algo. A maioria deles sofre de um grau de depressão muito grande porque a rua é muito degradante, muito pesada. A gente quer modificar também o olhar das pessoas com essa população”, diz Calmon.

O empresário fala um pouco sobre toda a assistência que o projeto oferece aos moradores. “Oferecemos corte de cabelo, barba, assistência médica e dentária, tratamento de pele, de unha, maquiagem para as mulheres, refeição com sobremesa, suco, água, refrigerante. A gente faz também recolocação no mercado de trabalho e encaminhamento para tratamento dos vícios de uma forma geral, seja por álcool ou drogas. Nós queremos tirar essas pessoas das ruas, para que elas tenham uma família e possam se reinserir na sociedade. O nosso maior objetivo é esse”, completa.

O projeto “Banho de Amor”, iniciado em janeiro de 2017, acontece todas as terça-feiras, em três pontos distintos, exatamente nos principais locais de concentração dos moradores: na Praça da Estação; na rua Tamóios, esquina com Goitacazes, e na Praça da Boa Viagem. A ideia é expandir o projeto e auxiliar os moradores por mais dias. Inicialmente, as ações, além da terça, serão oferecidas em um domingo por mês. A ideia é aumentar o número de dias na semana e de domingos.
Pessoas interessadas em fazer doações ou participar do projeto podem entrar em contato pelo Instagram, no Banho de Amor BH, pelo Facebook, no Projeto Banho de Amor, ou por email, no endereço [email protected].

Fonte:http://www.otempo.com.br/superfc/moradores-de-rua-se-emocionam-com-agasa...

sab, 22/07/2017 - 09:16

Brasileirão 2017 já teve 13 técnicos demitidos em apenas 15 rodadas

Com a realização da 16ª rodada, o número de demissões de treinadores brasileiros poderá aumentar, em caso de derrota ou até mesmo empate
sex, 21/07/2017 - 14:06

Ipatinga vence terceiro amistoso e se prepara para estreia no Mineiro

Time continua treinando durante a semana para o jogo contra o Bétis
qui, 20/07/2017 - 17:55

Vagner Mancini é o favorito para substituir Roger Machado no Atlético-MG

Outros nomes disponíveis no mercado são Marcelo Oliveira, Eduardo Baptista, Cristóvão Borges, Oswaldo de Oliveira e Fernando Diniz
qui, 20/07/2017 - 14:36

Fim da linha: Roger Machado não é mais técnico do Atlético

Foram 43 jogos do treinador no comando alvinegro, com 23 vitórias, nove empates e 11 derrotas, um aproveitamento de 60,4%