qua, 19/04/2017 - 10:05

João Santana e Mônica confirmam caixa 2 em campanha de Dilma

Em depoimentos anteriores, o casal havia dito que os pagamentos recebidos na Suíça eram referentes a campanhas realizadas fora do Brasil.

Os marqueteiros João Santana e Monica Moura afirmaram nessa terça-feira (18) que receberam dinheiro de caixa 2 para coordenar a campanha de Dilma Rousseff à presidência da República, em 2010. Em depoimentos anteriores, o casal havia dito que os pagamentos recebidos na Suíça eram referentes a campanhas realizadas fora do Brasil.

"Na época, ainda atordoado pela prisão, preocupado com a estabilidade política e com a própria manutenção no cargo da presidente Dilma, eu menti", afirmou Santana ao juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba. Esta é a primeira vez que os publicitários são ouvidos na condição de delatores, após homologação do acordo de colaboração pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O casal disse ter recebido ao menos R$ 15 milhões entre 2010 e 2011 como pagamentos não registrados para a campanha do PT ao Planalto. Parte desse dinheiro também teria sido referente a trabalhos que os marqueteiros realizaram posteriormente, em 2012, para candidatos do partido em pleitos municipais e para a campanha de Hugo Chávez à presidência da Venezuela, segundo os depoimentos.

Além disso, Santana e Monica afirmaram que os pagamentos de caixa 2 eram feitos pela Odebrecht em espécie, quando no Brasil, ou em depósitos na conta off-shore Shellbill, na Suíça.

O casal também revelou ter trabalhado na campanha de Mauricio Funes à presidência de El Salvador, em 2009, a pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Monica Moura disse a Moro que havia um interesse do PT que um partido de esquerda vencesse aquele pleito. "Em vinte anos de democracia naquele país, até então a direita sempre havia ganhado todas as eleições. Esse [Funes] foi o primeiro candidato de esquerda que ganhou uma eleição em El Salvador", explicou a publicitária. Este trabalho rendeu a ambos R$ 5,3 milhões, pagos também pela Odebrecht.

"Caixa 2 é regra"

Durante a audiência, Monica Moura disse a Sergio Moro que o pagamento de campanhas eleitorais por meio de caixa 2 é a regra no Brasil. "Não acredito que exista no país um único marqueteiro que trabalhe apenas com caixa 1. É uma exigência dos partidos que a maior parte [dos recursos] esteja em caixa 2", ressaltou.

A marqueteira também disse que o casal sempre tentou que os pagamentos fossem feitos dentro da legalidade. "Mas a explicação que sempre nos deram é que o partido não podia porque campanha é muito cara. Marketing é caro, para ser bem feito. Com pouco, se faz campanha mal feita. Campanha bem feita, como televisão bem feita, como novela bem feita, como filme bem feito, é caro".

João Santana afirmou ter caído em uma "armadilha" construída pelas suas próprias convicções. Ele disse que criou um "duplo escudo mental" que o permitiu seguir adiante com o recebimento de pagamentos ilegais. "Um [escudo] social e externo, que era a doutrina do senso comum do caixa 2, e outro interno, que é 'recebo pelo trabalho honesto que estou fazendo'", explicou.https://noticias.terra.com.br/brasil/politica/lava-jato/joao-santana-e-m...

O publicitário também falou que foi cúmplice de um sistema eleitoral corrupto e negativo. "Não estou aqui, demagogicamente, dizendo que eu não tinha culpa, que só fui vítima disso, não; eu fui agente disso. Não que os grandes responsáveis sejam marqueteiros, mas acho que é o momento de os próprios marqueteiros abrirem os olhos sobre isso, e da Justiça também", completou Santana.

Fonte:https://noticias.terra.com.br/brasil/politica/lava-jato/joao-santana-e-m...

qui, 27/07/2017 - 10:41

Sargento PM atira em ex-mulher, mata advogado e suicida em Carbonita

Militar estava na corporação há 22 anos. Suspeita é de que ele não estaria aceitando o fim do casamento
qui, 27/07/2017 - 09:23

Dupla assalta duas pessoas no bairro Cidade Nobre

Crimes aconteceram durante a tarde dessa quarta-feira
qui, 27/07/2017 - 08:25

Rapaz é baleado na porta de casa em Paraíso

Tentativa de homicídio ocorreu na noite dessa quarta-feira
qua, 26/07/2017 - 13:55

PC prende mais dois integrantes do "Novo Cangaço"

Presos também teriam envolvimento com a morte do cabo Marcos e do vigilante Leonardo em Santa Margarida