qui, 20/04/2017 - 19:09

Suspeitos de matar homem seduzido em site de relacionamento são presos

Além dos suspeitos presos um adolescente também foi apreendido

A Polícia Civil de Minas Gerais, através da 3ª Delegacia de Polícia de Contagem, concluiu no final do mês de março de 2017 as investigações relativas ao latrocínio de  José Carlos da Silva, 40 anos.

Após aproximadamente três meses de investigação, foi apurado que Marcus Vinícius Domingos dos Santos, de 26 anos, com um adolescente de 15 anos, teria conhecido a vítima através de um site de relacionamentos e marcado um encontro para o dia 06 de janeiro deste ano.

No local do encontro, os autores teriam rendido a vítima com uma arma de fogo e feito ameaças com o intuito de conseguiu seu cartão e senha de José Carlos. Em seguida o homem foi executado com dois disparos de arma de fogo na cabeça.

Os suspeitos ocultaram o corpo da vítima, que foi localizado na região da Lagoa Várzea das Flores no dia seguinte ao crime, carbonizado. O veículo da vítima também foi incendiado.

Ainda de posse do cartão da vítima os suspeitos realizando compras em lojas no centro de Belo Horizonte e Contagem.  As investigações apontaram ainda para o envolvimento de Vanessa Nunes dos Santos, de 20 anos, irmã do suspeito Marcus Vinícius e do namorado dela Luan Maximiliano da Silva, de 24 anos, que utilizaram os cartões da vítima além de auxiliarem na ocultação e destruição do cadáver.

As investigações foram conduzidas pelo delegado Pedro Henrique Batista.

ter, 27/06/2017 - 10:35

Jovem é encontrado morto em Timóteo

Corpo foi encontrado na manhã desta terça feira
ter, 27/06/2017 - 09:53

Homem sai da prisão, encontra esposa com amante e mata os dois

Autor estava preso por agredir a companheira
ter, 27/06/2017 - 09:39

Bandidos furtam mais de R$45 mil de agências bancárias de Ipatinga

Caixas eletrônicos foram arrombados com o auxílio de ferramentas
seg, 26/06/2017 - 17:19

Ministério Público vai recorrer contra prisão domiciliar de Roger Abdelmassih

Promotor vai entrar com recursos para que ex-médico, condenado por estuprar pacientes, volte à cadeia. Ele foi autorizado a cumprir o resto da pena em casa devido a problemas de saúde.