ter, 10/01/2017 - 16:31

Suspeitos presos em Fabriciano podem ter ligação com tentativa de assalto a empresário, acredita PM

Quatro suspeitos foram presos após renderem e roubarem uma família em Mesquita; carro usado no crime bate com descrição do veículo usado no crime contra dono do Duvale no sábado

A Polícia Militar de Coronel Fabriciano-MG prendeu nesta terça-feira (10) quatro suspeitos de renderem e roubarem uma família em Mesquita-MG. O carro usado por eles para praticar o crime, um HB20 branco, bate com a descrição do veículo usado no sábado (7) um uma tentativa de assalto onde o dono do supermercado Duvale foi baleado.

Veículo foi abandonado pelos bandidos na zona rural de Mesquita

HB20 bate com o carro usado na tentativa de assalto a empresário no sábado (7)

Conforme noticiado aqui no PLOX, imagens das câmeras de segurança mostram um HB20 branco estacionando nos fundos do supermercado. Logo, dois indivíduos saem do carro e abordam o empresário. Ao todo, quatro homens participaram da ação.

Vídeo postado no YouTube

Nesta manhã de terça-feira, um veículo com as mesmas características foi abandonado no povoado de Soveno em Mesquita-MG. Logo depois, uma família foi rendida por quatro indivíduos e tiveram vários pertences roubados. Na fuga, já em Fabriciano, eles se envolveram em um acidente e foram presos.

S10 era o veículo da família que a quadrilha assaltou em Mesquita

Presos
Foram presos Eliaiton Soares Nunes, de 18 anos, Guilherme Júlio Faustino, Erick Henrique Nunes, de 18 anos e Victor Alves Moreira Gonçalves, de 20 anos. Com eles foram apreendidos uma pistola 380 e dois revólveres calibre .38 e 17 munições. 

Dois dos suspeitos presos. Por causa do acidente, os outros dois estão em tratamento médico

Armas apreendidas com os suspeitos

ter, 17/01/2017 - 10:52

Mototaxista é executado no ponto onde trabalhava

Ele foi baleado e morreu na hora
ter, 17/01/2017 - 10:06

Mulher que espancou suposta amante pode ser indiciada por tortura

A agressora, que já foi identificada pela polícia, pode responder por lesão corporal, injúria, violência doméstica e tortura.
ter, 17/01/2017 - 09:15

Sargento da PM morre com tiro acidental na cabeça disparado por colega

Um outro militar manuseava uma espingarda calibre 12 que disparou e atingiu a cabeça do comandante do destacamento local
ter, 17/01/2017 - 09:12

Detentos protestam contra tortura em presídio de MG

Grupo de três pavilhões reclamam de agressões físicas e psicológicas, falta de atendimento médico e assédio contra familiares; MPMG, OAB e Defensoria Pública foram acionadas para negociar com os presos