ter, 20/12/2016 - 10:53

Restaurante 'trolla' clientes ao dar senha do wi-fi na forma de equação

Quem for ao YaYa, em San Antonio, e quiser usar a internet vai precisar resolver uma complexa equação matemática.

É chato, mas tem gente que fica com os olhos vidrados no celular quando vai comer fora. Por outro lado, é meio deselegante para um restaurante não fornecer a senha do wi-fi para os clientes.

Pensando nisso, um restaurante tailandês no Texas (EUA) criou uma situação interessante. Quem for ao YaYa, em San Antonio, e quiser usar a internet vai precisar resolver uma complexa equação matemática. Isso porque a senha é, aparentemente, o resultado da "conta".

Uma foto da equação foi parar em uma rede social e mesmo os internautas mais habilidosos em matemática não conseguem resolver a equação. Alguns sugerem que existe mais de um resultado possível.

A discussão é interessante, mas, para alguém que não manja nada de matemática, o jeito é usar a rede 4G mesmo e esquecer que o tal restaurante tem wi-fi. (Com UPI)

Fonte: http://noticias.uol.com.br/tabloide/ultimas-noticias/tabloideanas/2016/1...

qua, 22/03/2017 - 15:30

Waze lança serviço de caronas no Brasil; 'não é Uber', diz diretora

Motoristas que usam o aplicativo poderão informar para onde estão indo e pegar pessoas pelo
seg, 20/03/2017 - 16:00

Usuários do Instagram já podem salvar vídeos feitos ao vivo

Com isso, um vídeo que ficou legal e antes desaparecia, poderá ser assistido novamente pelo rolo da câmera do celular ou disponibilizado mais uma vez na timeline
seg, 20/03/2017 - 10:54

Usiminas avança na gestão da segurança de veículos

Processo de Segurança de Produto desenvolvido pela companhia assegura máximo rigor na produção de aços destinados à fabricação de peças e conjuntos críticos para a indústria automotiva
qua, 15/03/2017 - 17:39

Senado aprova projeto que proíbe franquias para internet de banda larga fixa

No ano passado, Anatel proibiu criação desse tipo de limite; proposta não vale para internet móvel e segue para análise da Câmara dos Deputados.