seg, 30/01/2017 - 22:32

WhatsApp deverá permitir compartilhar trajeto em tempo real

O Live Location Tracking (rastreamento de localização ao vivo) virá desativado na configuração padrão e o rastreamento poderá ser ativado, conforme a preferência, durante um minuto, dois minutos, cinco minutos ou mesmo por um período ilimitado.

RIO — Usuários do WhatsApp já podem compartilhar sua localização atual com outros quando desejam, mas uma nova ferramenta, ainda em desenvolvimento, deve permitir compartilhar trajetos em tempo real com um grupo. Isso é o que sugere a versão beta de seu aplicativo — a qual somente usuários selecionados têm acesso —, sendo 2.16.399 no Android e 2.17.3.28 no iPhone, conforme o que foi divulgado na conta WEBetaInfo no Twitter.

O Live Location Tracking (rastreamento de localização ao vivo) virá desativado na configuração padrão e o rastreamento poderá ser ativado, conforme a preferência, durante um minuto, dois minutos, cinco minutos ou mesmo por um período ilimitado. No entanto, os usuários poderão ativar o rastreamento de local em tempo real por um minuto, dois minutos, cinco minutos e até por um período ilimitado. Também deverá ser possível escolher quais contatos poderão ver a localização.
 

Fonte:http://extra.globo.com/noticias/celular-e-tecnologia/whatsapp-devera-per...

ter, 27/06/2017 - 11:11

Google é multado em R$ 9 bilhões por favorecer o próprio serviço de comparação de preços

"O que o Google tem feito é ilegal, no que diz respeito às leis de concorrência da UE", disse a comissária Margrethe Vestage
qui, 01/06/2017 - 10:35

Maior avião já construído sai do hangar nos EUA

Utilizando seis turbinas, o avião de 227 toneladas foi projetado para lançar satélites - e levar humanos, algum dia - em órbitas baixas da Terra
ter, 30/05/2017 - 10:46

Smartphone pode viciar quatro em cada dez pessoas, diz estudo

Estudo da UFMG adaptou ferramenta de Taiwan para verificar possibilidade de dependência
sab, 27/05/2017 - 10:50

Anatel deverá bloquear celulares sem certificação

Antes de bloquear os celulares, as operadoras deverão avisar os clientes que têm aparelhos não regularizados e, somente, após 75 dias poderão bloqueá-los.