ter, 18/04/2017 - 13:56

Atendimento biométrico da Justiça Eleitoral chega a Timóteo

Minas agora soma 436 cidades com biometria não obrigatória

Os municípios que englobam a 98ª Zona Eleitoral, Timóteo, Jaguaraçu e Marliéria, passam a ter o recadastramento biométrico ordinário (não obrigatório), a partir desta segunda-feira (17). Os eleitores dessas cidades já podem procurar os postos de atendimento da Justiça Eleitoral levando documento oficial com foto, comprovante de endereço recente e o título (se tiverem).

Segundo a Justiça Eleitoral, o recadastramento biométrico envolve a coleta das impressões digitais de todos os dedos das mãos do eleitor, além da fotografia e da assinatura digitalizada. O objetivo é garantir a autenticidade do voto e é também importante para o cruzamento de dados do cadastro nacional de eleitores, já que não existe uma digital igual à outra.

Com o início do recadastramento biométrico ordinário nesses 73 municípios, Minas agora soma 436 cidades com biometria não obrigatória – mais da metade das 853 do Estado. 
Além dos municípios com o procedimento não obrigatório, ainda há os quatro que estão passando por revisão biométrica (obrigatória) – Betim, Contagem, Uberaba e Uberlândia – e mais 80 que já possuem todo o eleitorado cadastrado por meio da biometria. No total, o procedimento abrange o eleitorado de 520 municípios mineiros.

Mais informações pelo Disque-Eleitor (148), de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

qui, 27/07/2017 - 10:41

Sargento PM atira em ex-mulher, mata advogado e suicida em Carbonita

Militar estava na corporação há 22 anos. Suspeita é de que ele não estaria aceitando o fim do casamento
qui, 27/07/2017 - 09:23

Dupla assalta duas pessoas no bairro Cidade Nobre

Crimes aconteceram durante a tarde dessa quarta-feira
qui, 27/07/2017 - 08:25

Rapaz é baleado na porta de casa em Paraíso

Tentativa de homicídio ocorreu na noite dessa quarta-feira
qua, 26/07/2017 - 13:55

PC prende mais dois integrantes do "Novo Cangaço"

Presos também teriam envolvimento com a morte do cabo Marcos e do vigilante Leonardo em Santa Margarida